O que eu vim fazer no Egito?

Em dezembro de 2016, assim que chegamos da nossa trip pelo leste europeu, aceitei o desafio proposto pelo Samuel de fazer um trabalho voluntário em um país bem diferente do Brasil. Já até havia pensado em algo do tipo, mas nada concreto. Uma hora precisamos encarar o desafio de frente, e o grande momento era esse!

Foi então que, pela indicação do Tomi (nosso amigo húngaro), eu entrei em contato com a AIESEC, para participar do programa Voluntário Global.

A proposta do AIESEC tem o intuito de desenvolver autoconhecimento, confiança e empoderamento nas pessoas. Para isso, a estratégia adotada por eles foi a de promover o intercâmbio entre países, trabalhando, na maioria dos casos em parceria com ONGs, com o objetivo de ajudar no alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável [da ONU]. Adicionalmente, uma vez em outro país, as diferenças culturais [e tudo de novo com que acabamos tendo contato] acabam fazendo com que tenhamos maior consciência sobre nosso impacto no mundo [que pode ser positivo ou negativo] e com isso, nos incentiva a promover as mudanças que julgamos importantes e necessárias.

AIESECer

Dentre as opções que tinha, escolhi então ser voluntária aqui no Egito. Além de uma história riquíssima [que dispensa apresentações], nos dias de hoje ainda é possível ver muitas coisas legais: cultura única [e bem diferente do que estamos acostumados], as eminentes pirâmides, múmias milenares, templos e santuários, o gigante e famoso Rio Nilo, que corta todo Egito, e segue a lista… Além disso, mesmo sendo o árabe a língua nativa, já que não falo nada de árabe e nem eles de português, essa experiência vai também ser uma boa oportunidade para eu aprimorar meu inglês.  🙂

El Nafeza, o projeto no qual vou trabalhar, mistura de uma forma super legal Reciclagem, Arte e Educação. Localizada no Cairo, esta ONG trabalha com reciclagem de papel [com uma forte veia artística], feito à base de papel usado e rejeitos agrícolas [palha de arroz, hastes de bananeira e lírios do Nilo]. Além disso, também são desenvolvidas oficinas para jovens, especialmente meninas, com o objetivo de ensinar e difundir artes, técnicas de reciclagem de papel, etc.

Quem quiser conhecer um pouquinho mais desse trabalho, é só acessar a página deles no facebook.

Mudar, sair do comodismo e ir em direção ao desconhecido é para aqueles que estão dispostos a arriscar e construir algo significante em suas vidas! Nesses dois meses [sozinha] serão tantas decisões, dúvidas, conquistas, momentos felizes [e tristes] que irei passar… eu bem sei disso!

Mas aqui estou eu, pronta para encarar mais esse desafio!

12 países mais baratos que o Brasil [nos 4 cantos do mundo]

Quando você pensa em qual será seu próximo destino, vários fatores são considerados, como: beleza natural, atrativos turísticos, opções de entretenimento, grau de “desconhecimento” sobre a cultura local, clima, receptividade dos moradores, e por aí vai… Nossas escolhas são, naturalmente, bem diferentes [afinal, somos pessoas diferentes, com predileções distintas].

Mas uma coisa que praticamente todos querem é: ter a melhor viagem com o menor custo. Otimizando assim o gasto das suas suadas reservas e, é claro, tendo mais dinheiro para viajar mais!  🙂

A tecnologia veio para facilitar nossas vidas, e hoje é possível saber de forma interativa, quais os custos de vida/viagem de destinos do mundo todo. No site NUMBEO, você consegue acessar essas informações de maneira resumida ou detalhada [de acordo com seu interesse].

Para se ter uma ideia, além de ver mapas simples e diretos, como esse aqui embaixo, no qual claramente se vê que o Leste Europeu é incrivelmente mais barato que a Europa Ocidental, é possível ainda fazer uma série de análises. Por exemplo, você comparar o custo de vida de uma cidade qualquer com o da cidade que mora. Ou ainda, saber quanto você vai pagar para alugar um carro, ou mesmo quanto custa 1 Kg de arroz.

Map.png

Para facilitar sua vida, fizemos aqui uma listinha de 12 países incríveis, que são mais baratos que o Brasil.

América Latina

Se a ideia é fazer um mochilão barato [além de não gastar muito com passagem aérea], descobrindo as riquezas e belezas do novo mundo, a América Latina é o seu destino ideal.

#1 Bolívia

GE DIGITAL CAMERA

Nosso vizinho sul americano, além de bem barato, apresenta uma rica e exótica cultura, e paisagens igualmente deslumbrantes.

#2 Colômbia

02-colombiacolombia travel

Outra boa pedida é a Colômbia, onde você encontra tudo: Amazônia, Cordilheira dos Andes, Oceano Pacífico, Caribe e muito mais.

#3 México

03-mexicoshow in my eyes

Expressão da alma latina, o México mesmo do ladinho dos gigantes EUA preserva sua identidade, mais flexível, amistosa e alegre. Adicionalmente, Com sua localização e geografia, é fácil imaginar que lá não faltam lindas paisagens.

Europa

Para aqueles que têm o sonho de fazer uma Eurotrip, mas não dispõe de muita grana, o leste europeu vai realizar seu sonho e superar, e muito, suas expectativas.

#4 Bósnia e Herzegovina

04-bosnia-e-herzegovina

Um país onde diversas culturas convivem lado a lado, e onde essa multiplicidade pode ser vista na arquitetura, culinária, costumes, etc. Como dizem por aí, é o onde o Oriente e Ocidente se encontram.

#5 Romênia

05-romenia

Um país simplesmente encantador. Cidades charmosas, natureza exuberante, pessoas lindas e super simpáticas, e muito mais.

#6 Sérvia

06-servia

Bem no meio da região dos Balcãs, e centro da antiga Iugoslávia, a Sérvia tem uma rica história e uma vida noturna fervilhante.

África

De praias a desertos, de história a modernidade, na África é possível visitar locais e ter experiências que certamente ficarão na sua memória para toda a vida.

#7 África do Sul

07-africa-do-sul

Aqui você vai encontrar savanas onde é possível fazer safáris de alguns dias, vendo toda sorte de animais selvagens; praias, montanhas e paisagens incríveis; vinhos da melhor qualidade; centros modernos e cosmopolitas como Cape Town… Quer mais?

#8 Egito

Sinai Mountains in backgroundpietro canali

Além ter sido lar de uma das maiores civilizações da história da humanidade, o Egito de hoje oferece passeios pelo grande Rio Nilo, mergulhos no mar mediterrâneo, e o incrível azul do Mar Vermelho.

#9 Marrocos

09-marrocospostcards from a traveller

Do ladinho da Europa, o Marrocos é destino certo para aqueles que querem dar uma esticadinha na viagem e conhecer o maior deserto do mundo, andar de camelo, e ver uma cultura completamente diferente da nossa.

Ásia

Dona de uma cultura multimilenar, que pouco cedeu às pressões europeias e americanas, a Ásia é sem dúvida um lugar místico, onde você pode [e deve] confrontar suas filosofias e ampliar sua visão de mundo.

#10 Índia

10-indiaanthroscape

Um país gigante como o Brasil, capaz de comportar cenários e atributos que vão mexer com seus sentidos… Religiosidade, temperos, cores, pessoas [sempre aos milhares]… na Índia tudo é muito vivo, e se mistura de uma forma única.

#11 Nepal

11-nepalamanda judge

Um pequeno país no topo do mundo. Se você está procurando um retiro, buscando a paz em meio às maiores montanhas do mundo, o Nepal é seu próximo destino.

#12 Indonésia

12indonesiaindonesia travelers

Assim como todo o sudeste asiático a Indonésia apresenta a combinação perfeita de praias paradisíacas, clima tropical, jovens do mundo todo, festinhas em todos os lugares, preços de banana, e uma incrível lista de atributos, que fez dessa região a nova Mequa da garotada que procura um destino ainda “pouco explorado”.