White and Black Desert – Um tour pelo deserto do Saara

Eu sempre amei o deserto. A gente senta numa duna de areia. Não se vê nada.
Não se sente nada. E no silêncio alguma coisa irradia.(O Pequeno Príncipe)

Assim como muitas das frases desse livro mágico [pelo qual sou apaixonada], mesmo com poucas palavras, esta frase relata bem como é estar no deserto. O simples se torna algo realmente extraordinário. Um lugar onde seus sentidos experimentam sensações incomuns, que Alain De Botton, em A Arte de Viajar, descreve com “o sublime”. E foi exatamente isso que senti nesses dois dias no Deserto do Saara, desbravando especificamente os desertos branco e preto.

Akabat (panorama) - Saara.jpg

Depois de percorrer mais de 400 km em direção ao sudoeste, bem distante do caos da capital, Cairo, iniciamos o tour pelo deserto, localizado nos arredores da pequena cidade de Farafra.

A primeira parada foi para um almoço árabe em uma humilde casa de um vilarejo dentro no deserto. A comida estava uma delícia, e ainda tivemos frutas de sobremesa. Em seguida, visitamos o Deserto de Cristal e logo depois o El Akabat, com suas belas dunas de areias, boas para aqueles que curtem o sandboard. Ou ainda para aqueles, como eu, que quiserem algo mais calmo, apenas apreciar a vista, que é extraordinária.

Já escurecendo, chegamos ao principal destino do dia, o Deserto Branco, um Parque Nacional de aproximadamente 300 km2. Lá passamos a noite acampados no meio do nada. A lua crescente iluminava gentilmente a paisagem noturna, nos proporcionando uma vista incrível de um horizonte adornado por formações rochosas de calcário, esculpidas pelo vento. A sensação que tive era que estava em outro planeta.

Noite Estrelada no Deserto Branco.jpg

A noite foi preenchida por um conjunto de elementos que tornavam a experiência ainda mais legal: fogueira, churrasco, caminhada noturna e a ilustre [e inusitada] visita de uma pequena raposa vermelha árabe (Vulpes vulpes arábica), atraída pelo agradável aroma de nosso churrasquinho.

Enquanto todos foram dormir no acampamento, preferir fazer algo diferente. Peguei meu saco de dormir e o coloquei próximo à fogueira para admirar o céu, salpicado de estrelas brilhantes, ver a raposa, que ainda rondava gentil e inofensivamente nosso acampamento em busca de mais alguma migalha, e é claro escutar o pacífico, e ao mesmo tempo inóspito, silêncio da noite.

Foi uma das melhores noites da minha vida! Não queria dormir, queria aproveitar cada segundo daquele momento.

E foi mais ou menos isso que aconteceu… Dormi apenas 1 hora. E já acordei com o céu clareando ao redor e o sol vindo com seus primeiros raios, iluminando vagarosamente a vastidão de areia e rochas.

Nascer do Sol - Deserto Branco.jpg

Tomar o café da manhã naquela paisagem alegrou mais ainda o meu dia. Agora, já bem de dia, as formações surreais de calcário ganhavam outra cor e era possível ver mais claramente cada detalhe. Galinhas, camelos, cogumelos, com um pouquinho de imaginação todas as rochas assumem formas familiares. Além disso, o branco do calcário dá a sensação que você está vendo neve em pleno deserto.

Um pouco ao norte do deserto branco, está o Deserto Preto, nosso último atrativo do dia. Um local formado de pedras vulcânicas e minério de ferro fundidos que revestem as demais montanhas de coloração dourada.

Deserto Preto.jpg

“Escalar” uma dessas pequenas montanhas para ver a vista é quase uma obrigação, a paisagem te faz se sentir vivo e querer viver ainda mais.

Deserto Preto - Panorama.jpg

Depois desse ponto regressei a Cairo com o coração e a mente cheios de imagens e sentimentos lindos. A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixa cativar.(O Pequeno Príncipe)

Uma experiência única e cheia de simbolismo na vida de alguém que quer continuar vendo o mundo com a simplicidade e paixão de uma criança.

6 comentários

Envie um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s