Saco Bravo: A cachoeira que deságua no mar

Inspiradora e relaxante essas são as melhores palavras para descrever a sensação de estar embaixo de uma queda de cachoeira. Mas, agora, imagine que você está nessa queda, tendo aquela sensação da água massageando suas costas, e ao abrir os olhos você se depara com uma vista única e deslumbrante para o mar. Incrível, não é mesmo?!

Essa é a cachoeira do Saco Bravo, uma ótima pedida para quem quer acabar com estresse. Até porque para chegar neste paraíso você tem que se aventurar um pouquinho.

saco bravo 2Catraca Livre

Localizada na cidade de Paraty, Rio de Janeiro, numa região conhecida como Ponta da Joatinga, para chegar até o Saco Bravo é preciso chegar antes na praia da Ponta Negra. Uma vez na praia da Ponta Negra, você deverá pegar uma trilha moderada de 4h (ida e volta), com uma distância de 8 Km (ida e volta). Por isso é aconselhável começar a trilha logo pela manhã.

saco-bravo 1Visite Paraty

A cachoeira do Saco Bravo é uma das poucas cachoeiras que desaguam no mar que é possível banhar-se. Isso só é possível graças a uma extensa rocha bem próxima ao mar, que forma uma grande piscina natural.

DSC_7446-1

Dizem os Caiçaras que a cachoeira tem este nome, pois quando a maré está alta ou quando o mar está batendo muito, o acesso a ela fica super arriscado.

Depois de saber desse cantinho especial, que tal adicionar mais um destino a sua lista?

Publicado por

Dani Lima

Estudante de doutorado e apaixonada pela natureza, para ela não existe tempo ruim. Quando o assunto é viajar, "qualquer dia é dia"! Depois de seu primeiro mochilão pela Bolívia e Peru não parou mais... Fez várias viagens, aventuras e perrengues, sempre ao lado de seu fiel escudeiro Samuel.

6 comentários em “Saco Bravo: A cachoeira que deságua no mar”

  1. Saco Bravo é lindo, a trilha é apaixonante, foram 12km e 7h no total, uma soneca e várias paradas pra fotos e banho de cachoeira em Galhetas, vale muito a pena.

    Curtir

  2. Fui à praia do Sono no ano novo e queria muito ter ido nessa cachoeira. Meu companheiro não parou de falar dela nenhum dia. Mas infelizmente, como só tivemos 3 dias, não deu tempo de ir até ela. Pois fomos no poço do Jacaré, Antigos, Antiguinhos e Cachoeira das Galhetas. Ficamos com medo de ir e não conseguir voltar a tempo para pegar o ônibus de volta. Mas que lugar incrível, encantador! Já não vejo a hora de voltar. E dessa vez iremos até Saco Bravo. \o/

    Curtir

    1. Legal Mari!!
      Tem que voltar com mais tempo agora, fora da virada de ano, que tudo fica lotado.
      A boa é pegar um feriadão.
      Vamos para lá umas 5 vezes por ano 🙂 😀

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s